Acesso Restrito

Email:
Senha:
 


Educação Infantil


Descrição:
Educação Infantil
Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para a sua própria produção ou a sua construção.” (Paulo Freire)
Trabalhar com Educação Infantil não é nada fácil. Além de ser trabalhoso ter que participar dos cuidados com os pequenos alunos, o professor tem que conviver com a cobrança e ansiedade dos pais quanto à formação de seus filhos.

Segundo o Referencial Curricular de Educação Infantil, existem seis eixos temáticos para se trabalhar com crianças até cinco anos de idade, são eles: movimento, música, artes visuais, linguagem oral e escrita, matemática, e natureza e sociedade. Mas esses conceitos devem aparecer no dia-a-dia infantil, dentro de suas relações sociais, através de jogos, brincadeiras, canções, histórias incentivando o imaginário e o potencial criativo das crianças, mas também onde o professor promova momentos de diálogo, discussões e reflexões.

Temos convivido com pais muito ansiosos, querendo que as crianças, já em seus dois anos de idade, estejam sentadas em carteiras fazendo tarefas, com conteúdos pontilhados, de ligar um ao outro, ou então ver as crianças aprendendo letras, cores e números. Esses conceitos fazem parte do mundo infantil dentro da escola, aliás, fora dela também. Lembramos que num mundo colorido, aos poucos as crianças vão apreendendo esses conceitos de forma espontânea.

Porém, um grande problema tem sido a cobrança dos pais, querendo adiantar as fases das crianças, tentando mostrar ao mundo que seus filhos são mais inteligentes que os outros. E nessa ansiedade, esquecem que cada idade tem suas necessidades básicas e que não adianta querer adiantar as mesmas, porque alguns conceitos dependem da maturidade intelectual bem como física e motora para serem apreendidos.

Vemos que o brincar não é valorizado, fazendo com que os pais duvidem da qualidade da escola, chegando a comparar os trabalhos realizados em outras instituições e comparando seus filhos com irmãos mais velhos, sobrinhos ou filhos de amigos. Essa atitude não é correta, justamente porque cada um tem o seu tempo de maturidade e essa não é rigidamente demarcada pela idade cronológica, podendo variar de indivíduo para indivíduo. Segundo Piaget, as fases do desenvolvimento infantil são sensório motora, até dois anos; pré-operatória, de dois a sete anos; operatória concreta, de sete a treze anos e operatório formal, a partir dos treze anos até a idade adulta, que se desenvolvem nesta ordem, mas devem ser respeitadas ao longo da vida.

Nossa escola na Educação Infantil tem sua proposta pedagógica pautada no Referencial Curricular de Educação Infantil e nos pensadores Piaget psicólogo ) e Emilia Ferrero ( educadora ), que desenvolveram trabalhos específicos usando o construtivismo como linha de trabalho. Para isso, elaboramos projetos de construção , onde o aluno aprende a construir o seu conhecimento.

Fazemos reuniões explicativas para os pais a fim de dar maior segurança aos mesmos, buscando amenizar suas ansiedades e diminuir as dúvidas quanto à aprendizagem na Educação Infantil.

É bom lembrar que os profissionais possuem formação específica para trabalhar com crianças, estudam para isso e se preparam por vários anos nas carteiras e estágios da faculdade, que são profissionais da área em que atuam e devem ser valorizados por isso, não permitindo que outros profissionais interfiram em seu trabalho, afinal, quando vamos ao consultório médico não ensinamos quais procedimentos o médico deve tomar, não é? Então pense nisso. Trocar ideias é muito bom, mas deixar que pais decidam e tirem a autonomia enquanto educadores não é a melhor alternativa, afinal, cada um tem o seu papel, suas responsabilidades e seu compromisso profissional e a família precisa ser parceira da escola.



Proposta Pedagógica:
Nossa Proposta Pedagógica( Metodologia ) está baseada no construtivismo, propondo que o educando participe ativamente do próprio aprendizado, mediante a experimentação, a pesquisa em grupo, a troca de informações e experiências e o desenvolvimento do raciocínio. Acreditamos que uma pessoa aprende melhor quando é parte direta na construção do próprio conhecimento. Portanto, seus primeiros anos são de suma importância nessa construção.

O erro é enfatizado não como tropeço no caminho do aprender, mas como um trampolim na rota da aprendizagem; o erro passa a ter um caráter construtivo, isto é, serve como “ ponte “ para se buscar a solução correta ( o acerto ).

As práticas adotadas pelo Construtivismo estão baseadas nos estudos do psicólogo suíço Jean Piaget, grande pesquisador do processo de funcionamento da inteligência e da aquisição do conhecimento. Até os 6 anos, de acordo com Piaget, o ser humano vive sua fase mais intensa de formação neurológica, aprendizagem e crescimento; mas no decorrer da sua vida, continua participando de um constante processo de transformação e que o meio e tudo que há nele influenciam neste processo.Acreditando nessa teoria, nossa escola oferece um espaço de transformação e aprendizagem, pois compreendemos que é fundamental “ aprender com prazer “, “ aprender a crescer “, “ aprender a fazer “, “ aprender a ser “, “ aprender a conhecer “, “aprender a viver juntos”. Nesse processo ,procuramos explorar temas transversais, como : ética,cidadania,educação ambiental e educação sexual.



Horário Atendimento:
9h às 16h (horário de almoço: 13:30h às 14:30h)

Dados da Coordenadora:



Nome
Vanessa de Oliveira Celestino Prata da Silva
Email
coord.vanessacee@gmail.com
Currículo









Estrada do Mendanha, n° 1.375/1.391 – Campo Grande - Rio de Janeiro - Cep. 23090-281
Reconhecido pela Portaria n° 3.968/CDCR de 31.08.94
Tel(fax): 2413-8197 / 3406-4163
Email: contato@ceesplanada.com.br

Uma escola evangélica ministrando a Verdade - Zona Oeste -Rio de Janeiro